Geral

Sinop: fiscalização multa bares em R$ 2,8 mil por desrespeitarem prevenção ao Coronavírus

As equipes da Vigilância Sanitária, Procon, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros fizeram, ontem à noite, fiscalização em nove empresas – a maioria bares, no centro e em bairros. Dois acabaram recebendo multas de R$ 2,8 mil, cada, por não estarem cumprimento das medidas temporárias para prevenção dos riscos de disseminação do novo Coronavírus. Ainda de acordo com a assessoria da prefeitura, 123 empresas já foram notificadas, incluindo bares e narguiles onde há aglomerações de pessoas que também não usam máscaras e as empresas continuaram abertas depois da meia noite.

As ações ocorreram pouco tempo depois da prefeita Rosana Martinelli (PL) anunciar que as forças de segurança do município iriam aplicar penalizações, com valor mínimo de R$ 2,8 mil, para empresas que violarem as determinações previstas em decreto. Uma fonte de Só Notícias aponta que bares, narguilés e botecos estarão na prioridade da fiscalização, pois algumas já foram notificadas duas vezes e insistem em desrespeitar as determinações.

Conforme a secretaria municipal de Saúde, esta manhã, a 4ª morte por Covid-19  foi confirmada no município, de um homem que estava hospitalizado. O falecimento ocorreu durante à tarde, mas a notificação foi feita pela noite.

Ontem, a prefeitura informou que foram confirmados 11 novos casos de Covid-19, no município. O total de pessoas que testaram positivo para a doença passou de 72 para 83. O quadro de hospitalizações também se agravou. O município tinha sete pessoas internadas, sendo três em enfermaria privada, três em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital regional e um na enfermaria da mesma unidade médica. Agora, além dos três pacientes em enfermaria privada, outros quatro estão na UTI e dois estão na enfermaria do hospital regional.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)