Política

Borgato é mantido na secretaria estadual de Ciência e Tecnologia

O Mauro Mendes (DEM) comentou pela primeira vez sobre a desistência do deputado Faissal Calil (PV) de assumir o comando da secretaria estadual de Ciência e Tecnologia (Secitec) e confirmou que a pasta continua, por enquanto, sob direção de Nilton Borgato, secretário desde o primeiro dia da atual gestão estadual.

Mauro disse que não conversou mais com o deputado Faissal depois da desistência e que não sabe o motivo de ter recuado. “Ele tinha sido convidado, tinha aceitado, e de última hora mudou de ideia. Eu respeito isso, não tem problema. Por enquanto, o secretário Borgato continua na frente da Secretaria”, declarou o governador.

Borgato é do PSD e indicação do senador interino Carlos Fávaro, presidente da sigla em Mato Grosso e assumiria o cargo de Fávaro no Escritório de Representação de Mato Grosso em Brasília (Ermat), que continua vago até o senador fazer nova indicação.

“Foi o senador Fávaro que fez este convite [para o Ermat] para ele [Borgato] e em função disso seria feita esta substituição. Mas eu vou ter uma agenda com Fávaro e vamos conversar sobre este assunto”, acrescentou o governador.

Conforme Só Notícias informou, Faissal desistiu da Secretaria depois que o governo encaminhou um projeto de lei à Assembleia Legislativa para reestruturar a carreira dos servidores públicos estaduais. Contrário ao aumento de salários de alguns cargos, o deputado recuou e voltou a ocupar sua cadeira no parlamento.

Só Notícias/Marco Stamm (foto: Christiano Antonucci/assessoria)