Geral

Mãe acusada de matar filha será julgada amanhã em Sorriso

Um dos casos que mais comoveu a sociedade sorrisense será decidido amanhã pelo Tribunal do Júri em Sorriso: o da ré Flávia Sampaio Gomes, acusada de matar sua filhinha de 1 ano e 11 meses, no dia 05 de junho de 2002. Ela vai ser julgada, a partir das 09:00h, no plenário da câmara de vereadores, cedido ao Judiciário para as sessões de júri.

Na ocasião do crime, quando a criança foi encaminhada ao hospital, Flávia disse inicialmente que ela tinha caído da janela. Posteriormente, teria confessado que a criança não parava de chorar e por isso a jogou no chão. A menina morreu no hospital, de politraumatismo. Ela será levada a júri popular, depois de ter ficado presa por cerca de 3 anos e meio após o ocorrido.

A guarda da criança, que já tinha sido vítima de maus tratos pela mãe, estava com os avós. Na época da morte da criança, o Ministério Público divulgou nota informando que a guarda fôra dada aos avós e que não tinha conhecimento de que a criança estava com a mãe.

No julgamento, a ser presidido pela juíza Débora Paim Caldas, serão ouvidas as testemunhas de acusação e defesa, inclusive o médico pediatra que atendeu a criança no Hospital Regional de Sorriso. Flávia Sampaio Gomes já foi internada por alguns meses no Hospital Psiquiátrico Adauto Botelho, em Cuiabá.