Geral

Vice-prefeito analisa fornecimento de vale-transporte para servidores em Sinop

Desde de janeiro deste ano cerca de 700, dos 2,5 mil funcionários públicos municipais de Sinop não estão recebendo o vale transporte. Esse benefício era fornecido gratuitamente a eles desde junho de 2004. A prefeitura cortou a distribuição depois de constatar irregularidades. “Como não eram cobrados, alguns servidores revendiam os passes. Agora vamos regularizar essa situação através da criação de uma Lei, ato que só pode ser feito pelo Poder Executivo. Com a Lei criada, será feita a cobrança, legal, de 6% da folha de pagamento de cada servidor que desejar obter os passes”, disse ao Só Notícias, o vice-prefeito e secretário de Admjinistração, Aparecido Granja.

Mas o vice-prefeito justifica a demora. “Sabemos que não são todos os servidores que vão querer o vale. Por isso precisamos de tempo para fazer um levantamento detalhado de quem vai querer e de qual a real necessidade desse servidor”, salientou Granja.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sinop, Adriano Marlon Perotti está cobrando pressa na definição e diz que muitos servidores precisam do vale para ir ao trabalho.