Economia

Nova Mutum gera mais empregos mesmo com pandemia impulsionando por 4 setores da economia

Mesmo com os impactos da pandemia do novo Coronavírus, Mutum manteve em junho saldo positivo na geração de empregos. Foram 272 vagas geradas a mais, resultado de 748 contratações e 476 desligamentos, segundo a secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Só Notícias constatou que a indústria foi o setor que mais gerou empregos mês passado. Foram 99 vagas a mais, diferença de 208 contratações e 109 funcionários demitidos. Na sequência, aparece a agropecuária com 89 empregados a mais, saldo de 155 admitidos e 66 dispensados.

Também teve saldo positivo o comércio com abertura de 59 postos de trabalhos. Foram 205 que ganharam empregos e 146 mandados embora. O setor de serviços criou, mesmo com as restrições impostas através de decretos, 40 novas vagas.

Por outro lado, construção civil não resistiu a crise e fechou com resultado negativo o mês. Somente o setor, encerrou 15 empregos a mais, resultado de 52 trabalhadores mandados embora (de obras em edifícios, infraestrutura em rodovias entre outras) e 37 contratações.

Em Sorriso foram criadas 448 vagas de empregos a mais.  Em Sinop, foram contratados 371 a mais, Lucas do Rio Verde gerou 86 vagas geradas a mais  e, conforme Só Notícias já informou, Cuiabá sentiu fortemente os impactos do lockdown (fechamento total) determinado judicialmente, no mês passado. Foram 181 vagas fechadas a mais.

Em todo o Estado foram geradas 6.790 vagas após reação dos principais setores da economia superando resultados negativos de meses anteriores por conta da pandemia da Covid.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)