Economia

Lucas do Rio Verde: empresas contratam mais funcionários mesmo com impactos do Covid; 3 setores lideram

O município de Lucas do Rio Verde gerou mais empregos, no mês de junho, mesmo com pressão negativa da pandemia que reduziu funcionamento de empresas em diversas atividades econômicas. Segundo balanço que Só Notícias teve acesso, da secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, foram 86 vagas geradas a mais, saldo de 1.033 contratações e 947 desligamentos. Em maio, período com maior restrição nas empresas para evitar aglomerações, o resultado foi negativo com 115 pessoas demitidas a mais.

No mês passado, o comércio foi o que mais contratou trabalhadores, 105 vagas a mais, resultado de 392 admissões e 224 desligamentos.

Outro setor que teve bom resultado, foi a agropecuária com a contratação de 84 trabalhadores a mais, acumulado de 138 demissões e 54 desligamentos.

Na sequência, aparece o setor de serviços com 45 vagas geradas a mais, saldo de 282 admissões e 237 desligamentos.

Por outro lado, a construção civil foi quem mais mandou trabalhadores embora – 97 – saldo de 228 desligamentos e 131 demissões. A indústria, também teve saldo negativo com fechamento de 51 postos de trabalho.

Conforme Só Notícias já informou, em Sorriso foram criadas 448 vagas de empregos impulsionado pela indústria, comércio, serviços e agropecuária.

Em Sinop, os segmentos comerciais também reagiram e geraram 371 vagas, no mês passado. No mês de maio, ocorreu fechamento de 55 vagas devido a forte pressão da pandemia.

Em todo o Estado foram geradas 6.790 vagas após reação dos principais setores da economia superando resultados negativos de meses anteriores por conta da pandemia da Covid.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)