Economia

Liderado pelo setor de serviços Guarantã do Norte gera mais empregos com carteiras assinadas 

O município de Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop) teve pelo nono mês consecutivo resultado positivo na geração de empregos, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em setembro, juntas as empresas e indústrias de todos os segmentos comerciais abriram 26 novas vagas, resultado de 196 admissões e 170 demissões. Em agosto, o saldo foi praticamente igual com 24 pessoas empregadas a mais.

No mês passado, o setor de serviços foi o que teve o melhor desempenho com 15 pessoas empregadas a mais, saldo de 55 contratados e 40 demitidos.

Na sequência, aparece a agropecuária com 5 novos postos de trabalho, resultado de 14 admissões e 9 demissões. O comércio gerou 3, a construção civil e indústria da transformação duas cada. Já os serviços industriais de utilidade pública abriram uma nova vaga. Por outro lado, o extrativismo mineral fechou duas vagas a mais.

Só Notícias constatou que, de janeiro a setembro deste ano, as empresas e indústrias em Guarantã do Norte empregaram 286 vagas a mais. Já em 12 meses, foram 402 novos postos de trabalho.

Conforme Só Notícias já informou, Nova Mutum teve novo resultado positivo na geração de empregos ao gerar 29 vagas a mais. Lucas do Rio Verde gerou, pelo quinto mês consecutivo, mais empregos com carteiras assinadas, em setembro. Foram criadas 429 vagas a mais.

O município de Sorriso teve em setembro mais um saldo positivo na geração de empregos de 296 vagas de empregos. Sinop teve pelo 8º mês seguido saldo positivo na geração de empregos e no mês passado gerou 114 empregos a mais.

Em todo Mato Grosso foram criadas 2.898 vagas a mais, resultado de 33.726 trabalhadores contratados e 30.828 demitidos.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: assessoria/arquivo)