Economia Política

Sinop: prefeita autoriza funcionamento de 50% de restaurantes, lanchonetes, academias, libera missas e cultos

A prefeita Rosana Martinelli acaba de anunciar novo decreto autorizando restaurantes, lanchonetes, conveniências, academias de atividade física e feiras livres a retomarem 50% de suas atividades presenciais. Eles estavam fechados, algumas operando apenas com delivery, há cerca de um mês. A prefeita também liberou missas e cultos com participação de 50% da capacidade em cada igreja.

A prefeita registrou que o novo decreto foi elaborado “respeitando o Ministério Público e a Defensoria Pública, homologado pela justiça”, disse. “Quero agradecer judiciário, MP e defensoria” e a nova decisão busca garantir “que trabalhadores e empresários possam trabalhar com a maior tranquilidade”.

Rosana afirmou que os comerciantes e funcionários devem obrigatoriamente usar máscaras, ter álcool gel para clientes e intensificarem mais medidas de higiene. Deve ser mantido distanciamento de 2 metros entre as mesas, plastificar máquinas de cartão e fazer higiene constante. Mais de 900 empresas no segmento de restaurantes, lanchonetes, bares, conveniências e similares haviam sido atingidos pelas recentes decisões e estavam com atendimentos presenciais suspensos.

“Os funcionários que estiverem atendendo e os clientes que entrarem em determinadas empresas sigam as medidas. Estaremos fiscalizando. A prioridade é a saúde e também estamos preocupados com a economia”. “Respeitem o distanciamento, façam higiene em equipamentos”, reforçou a gestora.

A prefeita deixou claro que, “se os casos (de Coronavírus) aumentarem, seremos obrigados a restringir (funcionamento destes segmentos). Não queremos isso. A situação ainda não está sob controle. É grave, devemos estar vigilantes, estamos trabalhando por uma Sinop produtiva e com saúde”, advertiu. Em Sinop, até agora, 10 testaram positivo para doença, 3 se recuperaram e um homem continua em UTI.

Quanto as missas e cultos, ela reforçou que as pessoas dos grupos de riscos, como idosos, devem seguir as recomendações de ficar em casa. Ontem, o bispo Dom Canisio Klaus informou, ao Só Notícias, que mesmo com liberação das missas, a Igreja Católica ainda recomenda o isolamento.

As aulas na rede municipal continuam suspensas até o próximo dia 30, conforme decreto anterior. Nova decisão deve ser tomada na próxima semana.

Só Notícias (foto: assessoria - atualizada 17:33h)