Geral

Morre em Sinop investigador aposentado da Polícia Civil devido a Covid

O investigador aposentado da Polícia Civil Dionísio Alves da Rocha, 61 anos, não resistiu às complicações da doença e morreu, esta manhã. Ele estava em Unidade de Terapia Intensiva no Hospital Regional de Sinop. As informações foram confirmadas, há pouco, ao Só Notícias, por um irmão.

Dionísio sentiu os primeiros sintomas no dia 14 de março, quando passou mal e foi a um hospital particular. Passou por exames e foi internado em leito semi-intensivo. Na última quinta-feira, conseguiu vaga e foi transferido para UTI do regional, mas houve piora no quadro de saúde e não resistiu.

O investigador aposentado chegou em Sinop, com a família, em 1976. Já em 1983 ingressou na Polícia Civil, trabalhou nas delegacias municipal e regional, permanecendo por 27 anos na corporação, até se aposentar em 2010.

Dionísio deixa a esposa e cinco filhos. O velório será no Memorial Luz e Vida, nesta quarta-feira, às 04h e o sepultamento está previsto para 10h.

No boletim de ontem à noite, a secretaria municipal de Saúde informou que o número de vítimas subiu para 274.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: arquivo pessoal - atualizada 18:36h)