quinta-feira, 22/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

Flamengo perde e se complica no Brasileiro

PUBLICIDADE

Durou pouco a alegria do Flamengo pela vitória diante do Vasco, arqui-rival, no último domingo. Nesta quinta-feira, o Rubro-negro não conseguiu confirmar a reabilitação no Campeonato Brasileiro e caiu diante do Juventude, por 4 a 3, no Luso-Brasileiro. Com a derrota, o Mengão segue beirando à zona de rebaixamento do torneio.
O Flamengo é o décimo sétimo colocado com 12 pontos ganhos, mesmo número do Vasco, que leva a pior no critério de desempate e, por isso, fica na zona de descenso. Atrás das duas equipes só aparecem Atlético/MG, Paysandu e Figueirense. Por sua vez, o Juventude volta a subir na tabela depois de ser goleado pelo Inter-RS na última rodada.

Com a vitória desta quinta-feira, o time de Caxias do Sul passa a somar 22 pontos, apenas quatro atrás da líder Ponte Preta. Pela seqüência da competição, no próximo domingo, o Juventude recebe o Figueirense, que deve estrear o técnico Zé Mário. No mesmo dia o Flamengo tenta a reabilitação diante do Coritiba, no Couto Pereira.

O Jogo
O primeiro tempo começou equilibrado, com o Juventude dando mostras que foi ao Luso-Brasileiro em busca do resultado positivo. E o primeiro passo rumo à vitória veio logo aos 13 minutos. Enilton recebeu lançamento de William e tocou na saída de Diego para abrir o placar. Mais quatro minutos e o time visitante balançaria a rede mais uma vez.

Quando o Flamengo ainda se reorganizava após sofrer o primeiro gol, Naldo aproveitou cobrança de escanteio e marcou o segundo do Juventude, aos 17. E o terceiro só não veio aos 22 minutos, em cabeçada de Enilton, porque o árbitro Cléber Wellington Abade anulou o gol. Mas as coisas ainda ficariam piores para o Flamengo.

Aos 28, Leonardo Moura fez jogada violenta, acertou um carrinho por trás em Enilton, e recebeu o cartão vermelho. Neste momento Celso Roth já havia feito a primeira alteração no time da casa, colocando Fellype Gabriel no lugar de Rodrigo. Com o panorama completamente desfavorável, o Flamengo conseguiu descontar.

Souza passou para Obina, aos 33, o atacante cruzou da esquerda e serviu o zagueiro Junior Baiano, que marcou o primeiro do Rubro-negro. O gol pareceu animou o Flamengo. Aos 35, Renato acertou meia bicicleta e mandou na rede pelo lado de fora. Aos 44, Jean recebeu em liberdade e cruzou, a bola tocou na zaga e ele pediu pênalti. Mas foi só.

No segundo tempo, o Juventude voltou arrasador. Logo aos 3 minutos, Lauro aproveitou bobeada de Renato, ficou com a bola e fuzilou o goleiro Diego. Aos 16, o veterano Túlio fez bela jogada individual, foi se livrando da marcação e acertou um chute indefensável, no canto: 4 a 1, dando folga no placar ao Juventude.

Mas o Flamengo não desistiu. Aos 32 minutos, o zagueiro Junior Baiano subiu mais que todo mundo e marcou o seu segundo no jogo. Três minutos depois, Renato avançou pela direita e passou para Fabiano Oliveira deixar o Flamengo a um gol do empate. No entanto, a reação parou por aí. O Flamengo amarga sua sétima derrota no Brasileirão.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

União Rondonópolis perde para Atlético e está fora da Copa do Brasil

O União está eliminado da Copa do Brasil. Há...

Equipe da Paraíba marca duas vezes no final e elimina Cruzeiro na Copa do Brasil

O Cruzeiro encerrou nesta quarta-feira, de maneira precoce, a...
PUBLICIDADE