Educação

Sinop: aulas em sete escolas que não aderiram a greve começam nesta segunda

Alunos de 427 escolas da rede estadual de ensino, sendo sete em Sinop, que não entraram em greve no ano passado ou encerraram as aulas em dezembro, iniciam o ano letivo amanhã. Na capital do Nortão, as unidades Cleufa Hubner, Jorge Amado, Nossa Senhora de Lourdes, Nossa Senhora da Glória, Zeni Vieira, Rosa dos Ventos e Professor Djalma Guilherme da Silva são as que iniciarão as atividades.

Para a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemashewsk, a acolhida das unidades escolares para os alunos será a melhor possível. “Temos uma grande expectativa, um ano letivo de muito trabalho e otimismo e, acima de tudo, com muita vontade de fazer a diferença na educação”, assinalou.

Ainda de acordo com a titular da pasta, no último ano foi possível constatar um pouco do fruto de trabalho das unidades escolares que, mesmo diante da adversidade, a rede estadual de ensino teve mais de 240 jovens aprovados em instituições de ensino superior, sendo a maioria na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

“Tivemos 26 jovens aprovados nos cursos de Engenharia, seis em Direito e dois em Medicina. São áreas de trabalho muito competitivas e nossos alunos assim como professores, demonstraram todo o seu esforço ao conquistar as vagas. Neste ano, vamos superar esses números”.

O ano letivo em Mato Grosso terá dois calendários. No primeiro, haverá recesso entre os dias 17 e 31 de julho. O término do ano letivo está previsto para o dia 18 de dezembro, enquanto o processo de atribuição de aulas para o primeiro calendário terminou na última sexta-feira, com aulas nas Assessorias Pedagógicas atribuindo a carga horária restantes dessas escolas.

Já o segundo calendário – que contempla as escolas que participaram do movimento grevista em 2019 -, inicia a primeira etapa de atribuição para os profissionais da educação nos dias 16 e 17 de março.

A segunda etapa, nas Assessorias Pedagógicas, ocorre nos dias 18 e 19 de março. Na sequência, aulas adicionais e contratos temporários. O início do ano letivo está marcado para o dia 23 de março. O recesso será entre os dias 17 e 31 de julho, encerrando o ano letivo no dia 22 de janeiro.

Redação Só Notícias (foto: arquivo/Só Notícias)