Educação

Greve dos profissionais da Educação em Sinop está prevista para começar hoje

Os servidores municipais do Sindicato dos Profissionais do Ensino Público (Sintep) começam, a partir da 14h, o movimento grevista decretado através de votação realizada, na assembleia da categoria. Eles se concentrarão na câmara de vereadores com faixas e cartazes e cobrarão, dos vereadores, apoio aos profissionais. Na terça-feira de manhã, eles devem se reunir na praça das Bandeiras e farão caminhada até a secretaria de Educação, expondo as reivindicando. Já na quarta a concentração é na praça Plínio Callegaro e seguirão até a prefeitura onde farão uma assembleia de avaliação do movimento. 

Os servidores cobram alteração da jornada de trabalho de professores e técnicos, regulamentação definitiva da jornada do apoio administrativo educacional, reajuste para os profissionais de apoio e técnicos administrativos educacional em 4,77%, inclusão dos motoristas na carreira da Educação e alteração dos coeficientes das tabelas de apoio e técnicos a partir da formação de nível médio profissionalizado.

Outro lado
Em nota enviada anteriormente, a secretaria informou que “respeita todo tipo de manifestação democrática da categoria e lembra que sempre esteve aberta ao diálogo com os profissionais. O executivo assumiu prioritariamente o cumprimento de todas as demandas que são obrigatórias por lei, a exemplo do piso do magistério (para professores). As demais são observadas de acordo com a possibilidade jurídica, financeira e orçamentária, cumprindo os requisitos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A  secretaria municipal de Educação realizou o envio de um ofício ao Sintep, com respostas às últimas demandas da categoria”.