Educação

Escola Militar atenderá alunos do 7º ao 3º ano em Sinop; Seduc procura imóvel

O major da Polícia Militar, Mario Willian Ribeiro, informou, ao Só Notícias, que a Escola Militar em Sinop atenderá alunos do sétimo ao terceiro ano do ensino médio, no próximo ano. “O secretário Marco Marrafon (Educação) garantiu a instalação da unidade. A princípio, funcionará em algum imóvel do Estado. Foi cogitado na escola do Ceja, próximo avenida dos Tarumãs, dentre outros locais”, informou.

Segundo o major, essas instalações serão provisórias e posteriormente uma estrutura física será construída para abrigar a unidade. “Algumas questões burocráticas ainda estão em andamento. Mas está confirmado pela secretaria estadual de Educação (Seduc) a implantação. Serão destinadas algumas porcentagens de vagas a filhos de policiais", explicou. Ainda não foi confirmada a quantidade de alunos atendidas na primeira etapa.

O modelo de escola funciona integrado com a secretaria de Segurança e tem como objetivo contribuir no processo de formação do cidadão. A escola segue a matriz curricular da rede estadual, com o desenvolvimento nos alunos do sentimento de amor à Pátria, da sadia mentalidade de disciplina consciente, do culto às tradições nacionais, regionais e do respeito à cidadania e aos direitos humanos. É permitido aos militares ministrarem aulas na educação básica, desde que devidamente habilitados para docência nas áreas específicas, conforme os procedimentos para atribuição adotados pela Seduc.

Este ano a secretaria lançou mais quatro unidades – Confresa, Juína, Nova Mutum e Sorriso.