Economia

Fechado acordo e funcionários de madeireiras do Nortão terão 7% de aumento.

Acordo fechado. Os funcionários das indústrias madeireiras de Sinop, Claudia, Santa Carmem, União do Sul, Itaúba e outras cidades da região terão aumento salarial de 7%. O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria, Construção e Mobiliário – SITICOM- aceitou a proposta feita pelo SINDUSMAD- Sindicato das Indústrias Madeireiras do Norte de Mato Grosso-. Inicialmente, os trabalhadores reivindicavam 11% de reposição salarial. Mas os madeireiros alegavam que não tinham caixa para bancar este percentual.

“Tivemos novas conversações e vamos aceitar a proposta porque o nível do piso salarial dos funcionários da madeireiras, que é maior que o salário mínimo, será mantido”, disse -em primeira mão- ao Só Notícias, o presidente do SITICOM, Vilmar Galvão. “Compreendemos a situação dos madeireiros e as dificuldades que o setor vem enfrentando. Vamos fazer assembléias em União do Sul, Claudia e Itaúba e aqui em Sinop para referendarmos o acordo”, acrescentou o sindicalista.

Atualmente o menor piso salarial nas madeireiras é de R$ 342. Auxiliares de produção nível 2 ganham R$ 398, auxiliares de produção nível 3 recebem R$ 438, bem como os operadores de máquinas e motoristas. Funcionários do setor administrativo recebem piso de R$ 453.