Saúde

Vacinação de cães e gatos pode ser antecipada em Lucas R. Verde

A responsável pelo departamento de Vigilância Sanitária de Lucas do Rio Verde, Marcelle Jardin Soares, informou ao Só Notícias que solicitou ao Escritório Regional de Saúde, a antecipação da campanha de vacinação anti-rábica (contra raiva animal) no município. “A campanha deverá ocorrer, a nível estadual, no mês de outubro. Nesta época, fica complicado porque é exatamente a época de plantio no município e não conseguiremos atingir totalmente as comunidades rurais”, explicou. O pedido foi encaminhado ao Escritório Regional de Sinop e está sendo analisado.

No ano passado, foram vacinados contra a raiva, no município, cerca de 3 mil animais (cães e gatos). Marcelle acredita que deverão ser disponibilizadas o mesmo número de doses na campanha deste ano. A raiva é uma doença que acomete mamíferos, e que pode ser transmitida aos homens, sendo portanto, uma zoonose.

É causada por um vírus mortal, tanto para os homens quanto para os animais. Em alguns países desenvolvidos, a raiva humana está erradicada e a raiva nos animais domésticos está controlada, mas ainda é efetuada vigilância epidemiológica em função dos animais silvestres.

No Brasil, a raiva humana ainda faz vítimas. Mesmo no Estado de São Paulo existem regiões com epizootia (epidemia entre animais), devendo haver, principalmente por parte dos municípios, um melhor desempenho nas atividades de controle da raiva animal.