Saúde

Sinop: novas etapas de desinfecções do Coronavírus serão em unidades de Saúde e avenida

As equipes da secretaria municipal de Saúde e do Corpo de Bombeiros vão fazer novas etapas de desinfecções biológicas com hipoclorito de cálcio, na avenida Júlio Campos, que concentra um dos maiores número de pessoas transitando diariamente, e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para ajudar a combater o novo Coronavírus (Covid-19).

De acordo com a subsecretária de Saúde, Daniela Galhardo, as ações seguem um cronograma. “Cada dia em um local diferente. Passam pelo procedimento, a secretaria de Saúde nas sextas, após às 17h. O Centro Integrado em Atendimento a Saúde Municipal (Ciams), na segunda-feira. Nos postos de Saúde da André Maggi e no Umuarama o trabalho ocorre nas terças e quartas-feiras, às 18h. Já nas quatro Unidades Básicas de Saúde que atendem pacientes com sintomas gripais nos bairros Jardim das Palmeiras e Ibirapuera a desinfecção é na quarta-feira. As unidades de Menino Jesus e Sebastião de Matos, na sexta-feira, às 20h”, explicou Galhardo.

Alguns prédios públicos também já receberam a desinfecção “Na câmara de vereadores, na qual havia suspeitas, mas nenhuma confirmação realizamos uma única vez”, disse a subsecretária.

A última desinfecção foi no mês passado e percorreu toda a avenida Júlio Campos. As Unidades Básicas de Saúde dos bairros Jardim das Oliveiras, Palmeiras, Ibirapuera, Menino Jesus e Sebastião de Matos também foram desinfetadas.

Conforme Só Notícias já informou, ontem, foi confirmado um novo caso de Coronavírus em Sinop. A prefeitura informou que, até agora, 33 pacientes testaram positivo para a doença. Três seguem internados na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional de Sinop e nove estão em isolamento domiciliar. Duas pessoas morreram. Desde o início da pandemia, das 174 amostras encaminhadas ao Laboratório Central (Lacen), 137 negativaram para Covid-19. Sinop contabiliza, até o momento, dois óbitos em decorrência da doença e 19 pacientes estão recuperados.

Esta manhã, o Estado confirmou mais três mortes em decorrência da doença, de moradores de Curvelândia (280 km Oeste de Cuiabá) outro de paciente é de Juína, que estava na capital e uma de Várzea Grande.

Redação Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)