Saúde

Sinop tem redução de 40% nos casos de dengue; zika e chikungunya aumentaram

Fumacê - Sinop 4

O Informe Epidemiológico da secretaria Estadual de Saúde apontou que até ontem, em Sinop, foram registrados 658 casos de dengue, o número é quase 40% a menos que no mesmo período do ano passado, quando foram registrados 951 casos. Ainda assim, a vigilância classificou o município com risco de infestação da doença.

Apesar do risco nenhum óbito foi registrado no município, já no Estado 4 pessoas morreram vítimas de dengue. Houve confirmação de óbito pela doença em Campo Verde, Nova Mutum, Poconé e Serra Dourada. Já em Colniza dois casos estão sob investigação.

Em contrapartida, os casos de zika vírus aumentaram em 800% no município e a vigilância epidemiológica já registrou 27 casos. Em todo ano passado, foram 3. Apesar do aumento o município ainda está classificado com risco baixo da infestação da doença. Não houve registro de mortes pela doença.

Em relação à febre chikungunya também houve aumento de 900% e Sinop registrou 30 casos este ano, em 2017, foram 3. No Estado 8 pessoas morreram vítimas da doença. Somente em Cuiabá foram registrados sete casos, outro óbito ainda está sob investigação. Também houve confirmação de morte pela doença em Várzea Grande.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)