Saúde

Prefeitura Nova Mutum falha no combate a dengue e entra em programa prioritário

As últimas ações feitas pela Prefeitura de Nova Mutum no combate infestação de dengue não alcançaram os resultados adequados e, devido ao preocupante índice de infestação da doença no município, o Governo Federal colocou Nova Mutum no ‘programa prioritário de combate a dengue’. Uma técnica do Ministério da Saúde, esteve em Nova Mutum, há poucos dias, e fez uma inspeção na cidade.
O coordenador de Vigilância Ambiental, Eurípedes Moreira Lopes, disse que a fiscalização tem sido realizado rigorosamente e culpa uma parte dos moradores pelo índice de dengue na cidade não estar dentro dos padrões aceitáveis. “O cronograma está sendo feito corretamente, mas em contra-partida falta a conscientização de pessoas da comunidade que ainda não estão contribuindo no combate do mosquito transmissor”, explica.

A instabilidade climática tem sido acentuada no Médio Norte nas última semanas, o que propicia os surgimentos de focos do mosquito Aedes Egyepps.
Além do clima outro fator tem preocupado a equipe da Secretaria de Saúde. Trata-se do lixo depositando em lotes baldios e nas proximidades do perímetro urbano, aumentando os locais propícios à proliferação do mosquito. “Agentes estão sendo colocados em pontos estratégicos da cidade para realizar o trabalho de fiscalização. Caso alguém seja pego depositando lixo em lugares não autorizados, será multado e sofrerá todas as penas estabelecidas pela lei municipal”, disse o secretário municipal de Saúde e Saneamento, João Batista.