Saúde

MT Saúde e laboratórios do Nortão não se entendem em tabela de honorários

Caso não seja possível, “não hesitaremos montar estrutura própria em Sorriso e em Sinop, para que nossos usuários não fiquem sem atendimento”, diz o presidente do MT Saúde.

“Não podemos deixar nossos usuários sem atendimento laboratorial (exames).Por isso, não hesitaremos em montar estrutura própria – ou em parceria – nos municípios de Sinop e Sorriso, no médio Norte do Estado, caso os laboratórios destas localidades insistam cobrar valores superiores aos praticados pelo mercado”. A informação é do presidente do MT Saúde, Yuri Bastos Jorge, acrescentando que usuários de planos de saúde de ambos os municípios estão
sendo prejudicados.

Segundo Bastos Jorge, o MT Saúde adotou em dezembro do ano passado, após uma negociação nacional envolvendo profissionais médicos, laboratórios e clínicas, a tabela de honorários baseada na Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM).

“Os valores foram aceitos por todos os envolvidos, inclusive pelos laboratórios e clínicas, que durante a negociação estavam representados pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC) e pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica (SBPC). A exceção ficou para os laboratórios que atendem em Sinop e Sorriso, que insistem em praticar preços superiores aos definidos no ano passado”, explicou.

Bastos Jorge informou ainda que União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde (Unidas), que representa o MT Saúde e outros 14 planos no processo,
encaminhou uma nova proposta aos laboratórios de ambos os municípios que, no entanto, não foi aceita.

“Queremos chegar a um denominador comum, desde que aceitem trabalhar em cima do que foi acertado. É injusto cobrar valores diferenciados dos usuários – seja do MT Saúde ou de outros planos. Caso um acordo não seja possível, buscaremos alternativas. Não hesitaremos em montar, em conjunto com a Unidas, laboratórios ou postos de coleta nestas duas localidades onde o problema está ocorrendo”, concluiu o presidente do MT Saúde.