Saúde

Médica afastada após dar alta para paciente com perfuração no pulmão volta atender em Sorriso

A secretaria municipal de Saúde e Saneamento confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que a médica que foi afastada da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) voltou a atender nas Unidades de Saúde da Família. A assessoria não revelou por questões de segurança e ingerida física da profissional em qual unidade está ocorrendo os atendimentos.

Ainda segundo a assessoria da secretaria, existe uma escassez de profissionais para contratação. A secretaria de Saúde zela pela qualidade no atendimento e nos serviços prestados, acreditando que a médica pode atuar nas unidades que trabalha com baixa complexidade e de saúde preventiva. Acreditamos que todos profissionais da medicina trabalham com objetivo de zelar pela vida.

Consta ainda na nota, que a secretaria reforçou e foram tomadas todas as medidas e orientações necessárias para manter o bom funcionamento e atendimento a saúde pública.

O afastamento da médica ocorreu após atender e liberar um jovem, de 18 anos, que foi atingido com facadas nas costas na esquina da escola onde estudam no bairro Rota do Sol, no último dia 16 deste mês. Ele passou por uma cirurgia de drenagem de tórax, por conta do acúmulo de líquido no pulmão no Hospital Regional de Sorriso.  Ele já recebeu alta e segue em recuperação na residência da família.

O jovem foi esfaqueado por estudante, 15 anos. Após ter sido golpeado ele recebeu atendimento na UPA e foi liberado, mas voltou a passar mal e foi levado para o hospital, onde segundo pai dele foi constatado que um dos golpes teria perfurado o pulmão, provocando uma hemorragia interna.

Só Notícias/Cleber Romero com Lucas Torres, de Sorriso (foto: Só Notícias)