quinta-feira, 30/maio/2024
PUBLICIDADE

Mato Grosso é o 5º em casos de hanseníase no país

PUBLICIDADE

Mato Grosso é o quinto colocado no ranking dos Estados com maior número de notificações de hanseníase. Somente no ano passado foram mais de 2,2 mil (2.275), segundo a Superintendência de Vigilância em Saúde. A taxa de cura da doença chega a 73%. A liderança é exercida pelo Pará (3.419), seguida por Maranhão (3.303), Pernambuco (2.584), Bahia (2.285), Goiás (1.891), Ceará (1.815), São Paulo (1.521), Minas Gerais (1.441) e Tocantins (1.063).

Em Mato Grosso, a partir de hoje até o próximo dia 31, começa a 56ª semana de combate a doença. Haverá ações com foco na orientação, prevenção e combate. Segundo o coordenador estadual do Programa de Controle de Hanseníase, Cícero Fraga de Melo, as atividades serão regionalizadas, isto é, com cada município efetivando seus planejamentos.

O representante explica que a meta é atingir as 141 cidades do Estado. Cícero fala em queda nos registros da hanseníse nos últimos anos. Conforme ele, em 2006 foram 3.169 casos novos da doença no Estado. Em 2007 passou a 3.008 e em 2008 foi de 2.688.

Ainda nesta semana, dia 29, está programado para a capital o primeiro encontro de pacientes ex-pacientes de hanseníase, na quadra de Esportes do Centro Estadual de Referencia em Média e Alta Complexidade (Cermac), a partir das 8h.

 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE