Saúde

Fundação Hospitalar de Nova Mutum recebe equipamentos

O Bloco Cirúrgico e o Ambulatório da Fundação Hospitalar de Nova Mutum estão com equipamentos novos. Trata-se de um desfibrilador com carro de emergência completo, um bisturi eletrônico e um oxímetro, doados pela Sicredi Mutum. O ato de entra aconteceu na manhã de ontem, terça-feira, dia 19 de julho e tem um significado muito especial, já que vai proporcionar mais segurança no atendimento dos pacientes.

De acordo com o presidente da Fundação, Cezar Balan, a entidade não tinha condições de adquirir com recursos próprios tais equipamentos. “Mesmo com os repasses feitos pela Prefeitura Municipal, operamos sem capacidade para investimentos. O nosso custo de manutenção é muito elevado, razão pela qual essa doação é muito importante”, disse ele. A Fundação encaminhará relatórios trimestrais para a Sicredi, demonstrando a utilização do que foi doado.

Segundo o presidente da Sicredi Mutum, Alceu Mognon, faz parte da filosofia da cooperativa estabelecer parcerias com entidades para proporcionar melhorias para a comunidade. “Decidimos por esta doação em assembléia. Como a Fundação é pública e de fundamental importância no tratamento de pessoas de Nova Mutum e da região, optamos por mais esta parceria” explicou. A Sicredi também apóia atividades relacionadas ao esporte e a cultura local.

Na ocasião o diretor administrativo da entidade hospitalar, Mauro Manjabosco, falou sobre a transição de Fundação para Organização Social que está sendo colocada e prática. Segundo ele, o processo encontra-se em fase de registro quanto à alteração de nome. “Estamos fazendo tudo dentro dos tramites legais, inclusive com o aval da promotoria pública. Restam ainda algumas adaptações, mas acreditamos que tudo seja concluído dentro de no máximo 30 dias”, explicou.

A solenidade de doação contou também com a presença do prefeito em exercício, Alcindo Uggeri, do prefeito licenciado, Adriano Xavier Pivetta, do presidente da Câmara de Vereadores, Joaquim Diógenes Jacobsen, do secretário municipal de Saúde, João Batistas Pereira da Silva, dirigentes da Sicredi e da Fundação Hospitalar, assim como de pessoas da comunidade que estavam presentes no local.