Saúde

Ala oncológica deve começar atender em janeiro em Sinop

Os pacientes que precisam de tratamento oncológico em Sinop e região não precisarão mais se deslocar até Cuiabá a partir de janeiro, quando devem iniciar os atendimentos na ala oncológica na Fundação de Saúde Comunitária – Hospital Santo Antônio, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ainda não foi definido o número de pacientes que será atendido na nova ala, mas atualmente cerca de 150 a 200 pessoas se deslocam até a capital para tratamento.

Os recursos de R$ 280 mil para a compra dos equipamentos já estão sendo liberados pela Secretaria do Estado de Saúde, que assinou um convênio com o hospital na semana passada. A ala, em que serão feitos os atendimentos, foi inaugurada no mês de abril, e viabilizada pelo Lions Club de Sinop. Só Notícias apurou que os medicamentos e materiais serão de responsabilidade do Hospital Santo Antonio.

Entre os atendimentos que serão realizadas estão quimioterapias, que já são realizadas no hospital para pacientes particulares, e de hematologia e oncologia pediátricas destinadas para crianças e adolescentes até 20 anos nos casos de tumores abdominais, cerebrais, ósseos, de testículos e também para leucemia e linfomas.

Os casos que necessitarem de intervenção cirúrgica devem ser encaminhados para um centro de alta complexidade na capital, já que em Sinop ainda não há leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI’s). Mas o problema deve ser resolvido com a instalação dos 10 leitos, anexos ao hospital, que estão previstos para o início de 2006.

Em 2006 também deve ser construída uma casa de apoio aos pacientes e familiares que necessitam de atendimento oncológico. O terreno para a construção, que fica na rua das Seringueiras no Jardim Botânico, já foi doado pela prefeitura ao Lions Clube, que está encabeçando o projeto.