Saúde

80 auxiliares de enfermagem são capacitados em Sinop

Cerca de 80 auxiliares de enfermagem se reuniram ontem a noite na sede do CEPROTEC – Centro Estadual de Educação Profissional e Tecnológica – de Sinop, para discutir com a direção do centro a abertura de um curso de qualificação para a profissão, que, segundo a direção do centro, a partir de 2007, não poderão mais atuar sem ter a habilitação de técnico em enfermagem.

Segundo Jéferson Daltro, assessor de comunicação do centro, o curso já está aprovado pelo conselho diretor e tem início previsto para o mês de setembro. Serão oferecidas cerca de 120 vagas, em três turmas, sendo duas no período noturno e uma no vespertino, terá uma carga horária de 822 horas, equivalente a oito meses, e um custo de inscrição de R$20 à R$30.

Jéferson relatou que um dos problemas que deverá ser resolvido até o inicio das aulas é a falta de uma sala para atender essas turmas, pois serão duas no período noturno. O centro vai procurar a Secretaria de Saúde para encontrarem a solução, visto que muitos profissionais são funcionários públicos.

Conforme ele, o curso interessa a todos os profissionais pois garantirá a permanência dos mesmos no mercado de trabalho. “Este curso é de uma relevância social enorme, porque vai garantir a permanência desses profissionais no trabalho requalificando-os”, relatou.