Política

Vetada a renegociação de dívidas de agricultores

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vetou hoje a renegociação de dívidas agrícolas.
O veto ao refinanciamento das operações de seguro rural e comercialização da safra agrícola foi justificado pela falta de recursos previsto no Orçamento para este fim, como pede a Lei de Responsabilidade Fiscal.

O governo também quis evitar a “institucionalização” da inadimplência para esse tipo de operação. Segundo o governo, o saldo devedor do setor com a União é de cerca de R$ 20 bilhões.

“A fixação de despesa para essa finalidade representaria a institucionalização da inadimplência no crédito rural, prejudicando a cultura do crédito e, no longo prazo, reduziria o montante de recursos para novos financiamentos, podendo inviabilizar o financiamento futuro do próprio setor agrícola.”

Leia mais em Agronotícias. Clique aqui.