Política Saúde

Sinop recebe vacinas contra Covid e imunização começará 6ª, diz secretário

A primeira remessa de vacinadas que Sinop recebe é de 1.834 doses. A aeronave que fez o transporte chegou, há pouco, por volta das 13h. O secretário municipal de Saúde, Valério Gobbato disse, esta manhã, em entrevista, coletiva, que a primeira remessa vai ser para vacinar mil profissionais do setor da saúde, que estão na linha de frente de combate à Covid – entre a rede pública e privada – serão imunizados.

As demais doses serão para os idosos acima de 60 anos. A imunização está prevista para começar na sexta-feira. Em resolução, consta que o polo Sinop receberá 7.719 doses na primeira etapa, contando com a segunda remessa que deve chegar de 10 a 15 dias. Conforme Só Notícias já adiantou, em primeira mão, o primeiro lote de vacinas contra o Coronavírus deve chegar, hoje à tarde, no aeroporto em Sinop e, em seguida, serão distribuídas para mais 13 cidades que compreendem o polo regional.

“As vacinas chegarão no aeroporto e vão para o Escritório Regional (para distribuir entre Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Nova Mutum. São 6.730 doses para os 14 municípios na primeira remessa). Os grupos (que receberão as vacinas) são definidos pelo Ministério da Saúde e a quantidade de doses, cabe ao município somente execução. Na sexta-feira, faremos o lançamento oficial da vacina com os servidores. Estamos fazendo agenda. A partir da semana que vem, vacinaremos as pessoas acima de 80 anos”, explicou, há pouco, o secretário.

Gobbato também alertou que mesmo com a chegada das vacinas não é momento para relaxamento dos cuidados sanitários e que o decreto baixado pelo governo do Estado deve ser seguido. “Neste primeiro momento, as vacinas estão chegando para menos de 1% da população. Não é o momento de baixar a guarda”. Somente a primeira dose está será enviada. As aplicações das vacinas deverão ser obrigatoriamente registradas no Sistema do Programa Nacional de Imunização.

São contempladas na primeira fase da vacinação, de acordo com o direcionamento do Ministério da Saúde, trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus, pessoas idosas com 60 anos ou mais que vivem em asilos e/ou instituição psiquiátricas e povos indígenas vivendo em aldeias. Mato Grosso vai garantir as duas doses da vacina ao grupo prioritário compreendido nesta fase, sendo o prazo de 14 a 28 dias para a aplicação da segunda dose.

Segundo o último boletim epidemiológico, divulgado pela secretaria municipal de saúde, Sinop tem 349 pessoas infectadas pelos vírus, sendo que 323 estão em isolamento e 26 internadas. Três estão em UTI e seis em enfermaria privada. Também há oito em UTI e nove em enfermaria do Hospital Regional. Em Sinop, 158 óbitos já foram confirmados pela doença.

Só Notícias/David Murba (atualizada 13:57h -foto: Só Notícias/Guilherme Araújo - atualizada 12:07h)