Política

Secretário não descarta convocar nova empresa para concluir duplicação até o aeroporto de Sinop

O secretário de Obras, Dalton Martini, disse, hoje, que não está descartada a possibilidade de uma nova empresa assumir a duplicação da avenida Bruno Martini até o aeroporto Presidente João Figueiredo. A obra está sendo feita por uma empresa de Minas Gerais, porém, a avaliação de Dalton é de que o cronograma não está sendo cumprido.

“A empreiteira já está com o contrato vencendo. Então, já é uma obra que deveria estar pronta. Talvez, a gente também tenha que parar com essa empreiteira se ela não mostrar um plano que vai realmente concluir a obra e contratar outra para que essa obra possa sair de uma vez por todas”, afirmou o secretário, em entrevista ao SBT Comunidade. 

A ordem de serviço foi assinada no dia 1º de julho, e o prazo de conclusão inicial de conclusão é de 360 dias. Sendo assim, o prazo para entrega das obras é 26 de junho de 2021. No entanto, em dezembro, a prefeitura realizou uma medição e constatou que a empresa havia concluído apenas 5% dos serviços necessários.

Em janeiro, as obras de duplicação foram retomadas, avançaram e, agora, já está na fase rebaixamento e estabilização do subleito, para posterior preparo da base e sub-base. O investimento é superior a R$ 2,7 milhões para execução de mais de 41,4 mil metros quadrados de pavimentação. Até o momento foram pagos R$ 140 mil pela conclusão da primeira etapa da obra.

No ano passado, conforme Só Notícias já informou, o ex-secretário de Obras, Edilson Ribeiro, o “Ticola”, já havia ameaçado romper o contrato com a empreiteira. Na época, ele destacou que as obras, que deveriam estar em ritmo acelerado, estavam paradas. “Até agora eles só fizeram a limpeza e topografia. Já notificamos a empresa três vezes, eles foram lá piquetearam, fizeram mais uma limpeza e pararam de novo”, disse Ribeiro, em outubro de 2020.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)