Política

Prefeitura pode romper com empresa responsável por duplicar avenida até aeroporto em Sinop, diz secretário

O secretário municipal de Obras e Serviços Urbanos, Edilson Rocha Ribeiro confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que o executivo avalia romper o contrato com a empreiteira de Minas Gerais, responsável pela duplicação da avenida Bruno Martini até o aeroporto Presidente João Batista Figueiredo, com investimento superior a R$ 2,7 milhões.

A ordem de serviço foi assinada no dia 1º de julho e, de acordo com o responsável pela pasta, as obras, que deveriam estar em ritmo acelerado, estão paradas. “Até agora eles só fizeram a limpeza e topografia. Já notificamos a empresa três vezes, eles foram lá piquetearam, fizeram mais uma limpeza e pararam de novo”, disse Ribeiro.

Segundo o secretário, hoje haverá reunião para tratar do assunto. “Vou conversar com o pessoal, chamar o responsável pela empresa e tomar uma decisão. Há a possibilidade de romper sim, mas nesta 4ª teremos uma definição concreta”, garantiu.

Ainda de acordo com o Ribeiro, apesar das três notificações, ainda não houve aplicação de multas por parte do executivo. “Nós notificamos para iniciar, aí eles vão lá iniciam e depois param. Aí notificamos novamente, eles voltam e param”, completou.

O prazo para conclusão dos trabalhos é de 360 dias (26 de junho de 2021). Os próximos passos serão fazer rebaixamento da via, em seguida base e sub-base. Não foi confirmado se haverá nova licitação ou a 2ª colocada do certame anterior passará a realizar as obras, caso o contrato seja rompido.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/arquivo)