sexta-feira, 19/abril/2024
PUBLICIDADE

Riva cobra gestão diferenciada do governo de Silval

PUBLICIDADE

A inserção de uma gestão diferenciada na administração pública de Mato Grosso foi defendida hoje pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PP). Ele afirmou que a condução dos trabalhos do Executivo neste ano poderia ter sido melhor, porém a falta de diálogo com servidores e do planejamento público impediram novos avanços em Mato Grosso.

O presidente citou a questão das estradas que ainda não foram recuperadas pela falta de liberação das máquinas aos consórcios intermunicipais. Sobre a Saúde, voltou a criticar a falta de leitos no estado e sugeriu a construção de um novo Pronto Socorro para atender a demanda estadual. Segundo Riva, somente reformas como a do planejamento público, tributária e fiscal poderão mudar a “cara do Brasil” destravando o crescimento.

Para Mato Grosso, que cresce em média 10% ao ano, o deputado alertou sobre o aumento que ocorre nas demandas de todos os setores. E nos últimos anos o Governo do Estado investiu apenas em habitação, deixando a Saúde de lado. “Quando estado partiu para a construção de casas, esqueceu de investir também na saúde e não construiu o hospital com 500 leitos que tanto precisamos. O Pronto Socorro de Cuiabá é uma vergonha”, analisou.

Contudo, ponderou sobre a herança deixada pelo ex-governador Blairo Maggi para o governador Silval Barbosa. Disse que os problemas fazem parte do desenvolvimento do estado, que está em pleno processo de ocupação sem o devido amparo da União que “judia” dos estados. “Pagamos em dívida mais do que recebemos do FPE [Fundo de Participação dos Estados]. Cadê a União que não cumpre o seu papel de investir na Saúde e Segurança Pública?”, questionou, ao complementar que o estado aplaude o recebimento de migalhas, perto do que arrecada para o Governo Federal.

Riva, que respondeu também perguntas de ouvintes, falou sobre a aprovação de emendas que reforçarão os orçamentos da Unemat e Defensoria Pública, destacando como um dos avanços que marcaram os trabalhos da AL. Falou ainda sobre a escolha do VLT, do PAC e outras obras que preparam Cuiabá para o mundial de 2014. “Foi um semestre até certo ponto produtivo, mas o governo poderia ser melhor”.

Além da criação do PSD, Riva ainda defendeu melhorias à Cultura e ao Turismo. Falou sobre o trabalho transparente que a Assembleia Legislativa vem realizando, inclusive, com a promoção de audiências públicas e inovação na transmissão das ações parlamentares, através da TV Assembleia e do novo site, lançado na última quarta-feira (12). Além dos sites de relacionamentos onde a população poderá sugerir melhorias pelo Twitter, Facebook ou email.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Sinop vai aplicar mais de R$ 5 milhões em manutenção de áreas verdes

A prefeitura vai investir na aquisição de materiais para...

Senador de MT defende redução da maioridade penal após homicídios de motoristas de aplicativos

O senador Jayme Campos (União-MT) afirmou, em pronunciamento na...

Governador anuncia inteligência artificial para evitar desmatamento químico em MT

O governador Mauro Mendes anunciou hoje que Mato Grosso...
PUBLICIDADE