Política

Sindicatos e caminhoneiros em Sinop começam mobilização para ato em apoio a Bolsonaro em Brasília

Empresários, caminhoneiros e representantes de sindicatos estão fazendo uma mobilização para formar um grupo para participar de um manifesto em apoio ao “desenvolvimento do país e ao presidente da república Jair Bolsonaro (sem partido)”, em Brasília. O movimento Brasil Verde e Amarelo está previsto para ocorrer no 15 do próximo mês e também será em repúdio às restrições determinadas por governadores e prefeitos como estratégia de enfrentamento à pandemia e as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidente do Sindicato Rural de Sinop, Ilson José Redivo afirmou, em entrevista, ao Só Notícias, que o objetivo é envolver diversos setores para desmitificar rótulos ao movimento. “Vamos apoiar e inclusive estamos buscando mobilizar outros setores. Precisamos envolver todas as atividades. Por ser líder vamos estar convocando e esperamos que as demais entidades participem. O movimento é para apoiar o presidente e pela manutenção da ordem de país, liberdade de expressão e das pessoas”.

Redivo reforçou ainda que as instituições precisam exercer suas funções conforme competência atribuída. “Estamos vendo o Supremo (Supremo Tribunal Federal) extrapolando da sua competência. Os ministros estão legislando com objetivo de impedir o desenvolvimento desse país. Um exemplo é a intervenção do STF na Ferrogrão (ferrovia Sinop-Miritiruba)”.

Já o presidente da Cooperativa do Caminhoneiros Autônomos de Sinop (Cooperlog), Cleomar José Immich afirmou que objetivo é formar um comboio saindo de Sinop. “Até sexta-feira vamos definir. A pauta é patriota e não é apenas para defender transporte e o agro. Vamos apoiar o presidente e vamos ter uma pauta mais concreta”.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: Só Notícias/arquivo)