Política

Queiroga confirma envio de doses extras contra Covid para Cuiabá por conta da Copa América

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga confirmou, esta manhã, que fará juntamente com sua equipe o levantamento necessário e enviará doses extras de vacinas contra a Covid-19 para Cuiabá por conta da Copa América. “Vamos atender com muito prazer. Vou verificar o Programa Nacional de Imunização o quantitativo de doses que será remetido para Cuiabá”, detalhou em vídeo gravado ao lado do deputado Emanuelzinho (MDB).

Ontem, no final da tarde, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), que se declara contrário à realização da Copa América na capital de Mato Grosso ele se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em Brasília e protocolou um ofício pedindo o envio de 670 mil doses do imunizante como forma de compensar a população que será exposta ao risco.

De acordo com dados atualizados no Sistema Único de Saúde, até agora, Cuiabá já aplicou 222.588 doses de imunizantes contra Covid. Dessas, 160.363 receberam a primeira e 62.255 a segunda dose.

Conforme Só Notícias já informou, a Conmebol divulgou a tabela detalhada da Copa América, que será realizada no Brasil, entre os dias 13 deste mês a 10 de julho. Cuiabá, uma das cidades-sede, receberá cinco jogos, na Arena Pantanal. O primeiro confronto será entre Colômbia e Equador, dia 13, às 20h, em jogo válido pelo grupo B (que ainda tem Brasil, Venezuela e Peru).

Já no dia 18, Chile e Bolívia se enfrentam na capital mato-grossense, às 17h, pelo grupo A (ainda tem Argentina, Uruguai e Paraguai). No mesmo horário, mas no dia 21, é a vez de Uruguai e Chile jogarem na Arena Pantanal.

No dia 24, às 17h, o estádio receberá o duelo entre Bolívia e Uruguai. Fechando os jogos na Arena Pantanal, Argentina e Bolívia se enfrentam no dia 28, às 20h, segundo a tabela da Conmebol.

Já a Seleção Brasileira, começa sua trajetória na competição no domingo (13), às 18h, diante da Venezuela, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. No dia 17, encara o Peru, às 20h, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Depois enfrenta a Colômbia, dia 23, às 21h, no mesmo estádio. A seleção fecha a fase de grupos contra o Equador, dia 27, às 18h, no Olímpico, em Goiânia.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)