Política

Projeto para duplicar rodovia em Sinop está sendo elaborado e município dará contrapartida, diz prefeita

Já está em elaboração o projeto para duplicação de um trecho da MT-140, rodovia que liga Sinop a Santa Carmem, entre o entroncamento da BR-163 até a curva do aeroporto Canarinho. Segundo a prefeita Rosana Martinelli (PR), com a sinalização, por parte do governo estadual, de recursos de R$ 4 milhões, o município se prepara financeiramente para aportar uma contrapartida, que pode chegar a R$ 5 milhões.

“É uma grande obra e a previsão é que tenha que aportar outros R$ 5 milhões. Ainda não tem dados específicos, mas esta é a previsão. É um valor significativo que não havíamos previsto orçamentariamente. Estamos trabalhando nossas receitas para que aconteça”, afirmou Rosana, ao Só Notícias.

Segundo a gestora, o projeto está sendo elaborado em parceria com empresários. Em seguida, será entregue à Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra) para liberação de R$ 4 milhões. “Precisa do projeto inicial, que o governo não tem. Foi feita uma parceria com empresários para, posteriormente, fazer um convênio (com o Estado) para que o recurso seja repassado ao município”.

A duplicação será feita em um trecho urbano da rodovia estadual, onde vários bairros estão sendo implantados. Há previsão ainda que o tráfego na região aumente consideravelmente com a entrega dos 1,4 mil apartamento do residencial Nico Baracat, em fase de conclusão. “É um projeto executivo complexo, porque há muitas entradas de bairros e ali é uma rodovia estadual. Tem que dar segurança para as pessoas, pois o tráfego é muito forte”, avaliou a prefeita.

No mês passado, conforme Só Notícias já informou, a prefeita se reuniu, em Cuiabá, com o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Padeiro e o líder do Governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco. O governo se mostrou aberto à parceria para duplicação da MT-140.

O líder do governo disse que a “obra é muito importante porque melhora a segurança. A cidade cresceu muito, loteamentos foram criados na rodovia e o trânsito aumentou na região, causando risco às pessoas que usam a via. Por tudo isso, acredito que a prefeita não terá dificuldade em viabilizar estas parcerias”, destacou, na ocasião.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: Só Notícias/Guilherme Araujo)