Política

Prefeitura abre licitação para pavimentar mais 4 ruas em Sinop com recursos próprios

A prefeitura de Sinop abriu licitação, na modalidade tomada de preços, para pavimentar as ruas dos Pessegueiros, das Acerolas, das Agláias e Catáguas, todas no Jardim Celeste. Os serviços que serão contratados também incluem obras de drenagem e sinalização viária.

No total, são estimados R$ 677 mil para execução das obras, valor que será custeado pelos cofres do município. O montante final, no entanto, só será conhecido com a abertura das propostas das empresas e homologação do procedimento licitatório. O edital ainda não foi divulgado pela prefeitura.

Conforme Só Notícias já informou, outras obras de pavimentação asfáltica em Sinop devem começar ainda este ano. Os dois pedidos de empréstimos feitos pela prefeitura junto à Caixa Econômica Federal foram aprovados pela Secretaria do Tesouro Nacional, autorizando a liberação de recursos de quase R$ 100 milhões. A previsão, segundo a prefeita Rosana Martinelli (PR), é que os contratos com o banco sejam assinados em até 60 dias. “Nossa previsão (para início das obras) é em agosto”, afirmou, ao Só Notícias.

O primeiro projeto, de R$ 31 milhões, contempla as obras de asfaltamento em dois bairros – Alto da Glória e Umuarama, e a construção de ciclovias em, pelo menos, dez vias interligando todo o município: Itaúbas, Foz do Iguaçu, Nelson Moggi, Tarumãs, Ingás, André Maggi, Palmeiras, Jequitibás e Pinheiros. Também serão executadas obras na rua João Pedro de Carvalho.

O segundo projeto para financiamento (FINISA 2) é de R$ 68,7 milhões para custear as obras de implantação de ciclovias no perímetro urbano, com adequações de drenagem e fechamento de valas, pavimentação asfáltica com acessibilidade, drenagem de águas pluviais, meio fio e sarjeta, sinalização viária. Contemplará os bairros Boa Vista, Santa Mônica, Industrial Sul, Industrial Norte, residencial Brasília, Jardim do Ouro, avenida das Itaúbas, rua Alfredo Lenz (Jardim Santa Rita), comunidades Betel e Campo Verde, Jardim Conquista e avenida dos Tarumãs. Ao todo, serão implantados 14 quilômetros de ciclovia.

Os projetos foram aprovados no início do ano, pela câmara de vereadores. As obras devem beneficiar aproximadamente 70 mil moradores.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: Ademir Specht/arquivo)