Política

Prefeitos de Vera e Colíder marcaram presença na VIII Marcha a Brasília

Mais de 50 prefeitos mato-grossenses participaram ontem (8) do segundo dia da VIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que vai se estender até a próxima quinta-feira (10) na capital federal. A mobilização conta com a presença de cerca de 2 mil prefeitos de todo o país, que estão em Brasília para cobrar o atendimento a uma extensa pauta de reivindicações, com destaque para o aumento de 1% na base de cálculo do Fundo de Participação dos Municípios – FPM, dos atuais 22,5% para 23,5%.

A necessidade de aprovação da Reforma Tributária no Congresso Nacional foi um dos principais temas discutidos no evento, que na abertura contou com a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O presidente pediu a parceria dos gestores para a conclusão da votação da Reforma Tributária e salientou que a Reforma está na agenda de prioridade do governo. Vários ministros marcaram presença na mobilização.

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, José Aparecido dos Santos, salientou a importância da participação dos gestores mato-grossenses na mobilização. “Mato Grosso sempre teve uma presença marcante no evento, pois os prefeitos sabem que para conseguir novos benefícios para os municípios é preciso pressionar muito e unir forças com os parlamentares federais”, salientou Cidinho.

O prefeito de Vera, José Nilton dos Santos, destacou que mesmo que todas as reivindicações não sejam atendidas, a participação dos gestores é válida e necessária. “Se não nos unirmos fica mais difícil conseguir novos avanços”, ponderou.

Para Paulo Banazeski, prefeito de Colíder, a participação dos prefeitos na marcha representa um importante fórum de discussão dos problemas locais, uma vez que se discutem temas como saúde, saneamento, recursos para a área social, e principalmente educação. “Precisamos de mais recursos para a educação, tendo em vista que a maior parte do orçamento é aplicada em transporte escolar”, reivindicou o prefeito.

“A marcha também é uma oportunidade para que os prefeitos possam fazer contatos com a área federal, e romper um pouco as dificuldades que os prefeitos têm de acesso aos ministérios. E agora com o escritório da AMM em Brasília certamente isso vai melhorar muito”, ponderou o prefeito de Denise, Israel Antunes Marques.

Como parte da programação dos prefeitos na VIII Marcha a Brasília, a Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM inaugurou ontem (8), às 18 horas, o escritório de representação em Brasília, criado para dar suporte técnico aos prefeitos na capital federal. A estrutura está em funcionamento no Edifício JK, onde já existe um escritório de representação do governo do estado de Mato Grosso. O espaço foi cedido através de uma parceria com o governo estadual.

O presidente da AMM, José Aparecido dos Santos, destacou a importância dessa nova estrutura. “Esse escritório com certeza vai facilitar o trabalho de todos os prefeitos, principalmente daqueles que ainda não conhecem Brasília”, destacou.