Política

Prefeito quer agilidade no processo de implantação do SAMU em Sorriso

O prefeito Ari Lafin (PSDB) e o secretário de Saúde e Saneamento Luis Fábio Marchioro se reuniram, esta manhã,  para dar agilidade no processo de implantação do  Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no município, que tem a sétima maior população de Mato Grosso. Na estimativa da população que foi divulgada recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) foram contabilizados 90.313 habitantes. No ano passado, passado havia 87.815.

“Precisamos avançar nessa questão. Pedi ao secretário de Saúde agilizar as questões referente a implantação dos serviços do SAMU em nossa cidade, pois reconheço a importância deste trabalho para os munícipes. Por isso, o que depender da gestão não mediremos esforços para a implantação”, disse Lafin, através da assessoria.

Ainda segundo o prefeito, não existe verba disponível para construção do espaço físico para receber o serviço.  “Sabemos que toda estrutura física será custeada com recursos próprios, pois não há verba disponível no Estado e muito menos no governo Federal, mas o que estiver na legalidade vamos fazer. Independente de quem é a responsabilidade, o que importa é os benefícios que os serviços do SAMU trará para nossa população”.

O serviço funciona 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população. Com isso, desafogará os atendimentos do Corpo de Bombeiros.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)