Política

Prefeita decide que aulas nas escolas municipais de Sinop continuarão suspensas

A prefeita Rosana Martinelli (PL) anunciou, há pouco, que as aulas seguem suspensas nas 39 unidades municipais, que juntas atendem mais de 17 mil alunos. A previsão era que o retorno começasse gradativamente a partir da próxima segunda-feira. Um novo cronograma ainda deve ser apresentado. Um dos pontos decisivos para a nova medida é a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no Hospital Regional de Sinop. “Temos um compromisso com o Ministério Público e Promotoria que de acordo com as vagas de UTI temos que ir adotando medidas. Então diante da situação de não termos os novos leitos, decidimos que as aulas não retornam na próxima segunda-feira. Enquanto não tivermos mais leitos de UTI funcionando em Sinop não retornaremos as aulas presenciais. Tenho certeza que tomamos a decisão correta”.

A prefeita ainda destacou que “se não aumentarmos nossos leitos de UTI não há como avançarmos nas nossas deliberações. Gostaria de estar hoje liberando mais setores. Estamos aguardando que tenha a ampliação desses leitos para que possamos estar aumentando as liberações, mas com muita responsabilidade”.

Além disso, a gestora ainda demonstrou preocupação. “Essa semana estamos acompanhando os dados com uma preocupação muito grande. Todos estão acompanhando também os casos em Mato Grosso como estão aumentando. Somos um polo prestador de serviços que muitos vêm, e muitos vão, então é necessário reforçar os cuidados. Estamos preocupados”.

Durante o anúncio, a prefeita ainda adiantou que durante a próxima semana, novas medidas de desinfecção de locais públicos, com apoio das forças de segurança, serão realizadas. Não foi informado em quais local será feita a frente de trabalho.

A prefeitura também fará nova entrega do kit merenda para alunos em situação de vulnerabilidade, cujas famílias estão inseridas no programa social Bolsa Família. Os produtos alimentícios serão distribuídos sob a forma de cesta básica. Cada uma das cestas será composta por itens como achocolatado, açúcar, arroz, biscoito salgado, chá, ervilha, extrato tomate, feijão, fubá, macarrão, milho verde e óleo de soja

Conforme Só Notícias já informou, a secretaria municipal de Saúde divulgou, ontem, que Sinop tem 54 casos de Coronavírus. Desses, 21 foram registrados em laboratórios particulares da cidade e credenciados pelo Lacen para a realização de exames. Segundo a pasta, 31 pacientes já estão recuperados, 17 em isolamento domiciliar, e quatro internados, sendo um na enfermaria de um hospital particular e três na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional.

De acordo com o relatório epidemiológico, oito amostras permanecem em análise aguardando resultado e outras seis foram descartadas por não se enquadrarem no padrão laboratorial de análise.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria -atualizada às 10h33)