Política

Preços reduzidos congestionam sites de aéreas

O excesso de consultas congestionou os sites das empresas aéreas ao longo desta semana. Em alguns casos, como o da TAM, o site chegou a ficar fora do ar entre ontem e hoje de manhã. Na Varig, houve períodos em que a navegação ficou mais lenta ontem.

O serviço de consulta e compras de bilhetes da Gol pela internet ficou fora do ar entre ontem e hoje de manhã. O serviço foi normalizado na parte da tarde.

A dificuldade de acesso às páginas das companhias aéreas na internet coincide com os anúncios de realinhamento e reduções promocionais de preços feitos pela Gol, TAM e Varig.

Segundo a Gol, a capacidade de visitas do site já havia sido ampliada antes do anúncio na segunda-feira do realinhamento de preços. Mas a procura por bilhetes foi maior que a nova capacidade. Com isso, a empresa foi obrigada a elevar novamente a capacidade do site.

Já a TAM informou que o site ficou fora do ar porque passava por uma “manutenção de rotina”. A empresa admitiu que a demanda aumentou após a divulgação da promoção de Páscoa.

Vários agentes de viagem reclamaram da lentidão do site da Varig. Mas a empresa negou que sua página tenha registrado problemas devido ao excesso de usuários.

Para a Andep (Associação Nacional em Defesa dos Direitos dos Passageiros do Transporte Aéreo), as empresas deveriam ser punidas por oferecerem promoções pela internet sem adequar a capacidade de seus sites.

“Existe um total desrespeito ao direito do consumidor. As companhias lançam promoções, mas o consumidor não consegue ter acesso às ofertas. É uma promoção que não promove coisa alguma”, disse Cláudio Candiota, presidente da Andep.

As aéreas informaram que os passageiros também podem comprar bilhetes com preços reduzidos nas agências de viagem.

Promoções

A Gol anunciou na segunda-feira uma redução de até 56% nos preços de todos os destinos nacionais.

A Varig, que estava oferecendo descontos de até 70% nos embarques realizados nos dias 25 e 26, ampliou a promoção. Agora, o desconto máximo de 70% também poderá ser encontrado no retorno feito entre os dias 28 de março e 2 de abril.

A promoção da TAM, em vigor desde quinta-feira, “dá” o bilhete de volta para o passageiro que pagar a ida.

Na onda da disputa tarifária, até a empresa regional OceanAir reduziu em até 39% as tarifas ligando Salvador a Aracaju (SE), Maceió (AL), Barreiras (BA), Lençóis (BA) e Juazeiro do Norte (CE).