Política

Poucos eleitores em Lucas R. Verde em situação irregular com a Justiça

O Cartório Eleitoral de Lucas do Rio Verde é responsável por mais 3 cidades de Mato Grosso. A chefe de cartório, Marisa Tabile, informou ao Só Notícias os números de títulos que poderão ser cancelados se não forem regularizados até o dia 29 de abril. Ao todo são 160, sendo 26 títulos de Lucas do Rio Verde, 50 de Tapurah, 60 Itanhanguá e 24 títulos de Ipiranga do Norte. O cancelamento será feito nos títulos dos eleitores que não votaram e não justificaram ausência nas 3 últimas eleições. Após o dia 29 de abril os eleitores que tiverem seus títulos cancelados e quiserem regularizar sua situação deverão se apresentar em um cartório portando documentos pessoais e pagar uma multa de R$ 3,51 por eleição com falta, no caso das três eleições R$ 10,53.

Nos municípios da Comarca de Sinop, 1488 eleitores estão irregulares. Desde o início do mês um edital foi afixado, em todos os cartórios eleitorais, com a relação de nomes e inscrições dos eleitores faltosos às três últimas eleições.

Em Mato Grosso são 31.650 eleitores ausentes nas últimas duas eleições.