Política

Plano Desenvolvimento Sustentável BR-163 volta a ser debatido hoje em Sorriso

Começa hoje e vai até amanhã em Sorriso, a segunda rodada de consultas públicas sobre o Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável para a Área de Influência da BR-163 (Cuiabá-Santarém). A coordenação da audiência está a cargo do GTI – Grupo de Trabalho Interministerial, do Governo Federal e será na Câmara Municipal, a partir das 09:00h. Ano passado, a mesma equipe esteve em Sinop ouvindo reivindicações das lideranças políticas.

A audiência pública será aberta a toda a sociedade e deverá reunir ambientalistas, lideranças políticas, estudantes e representantes de classes. Durante o encontro, será colocado em discussão uma nova versão do plano, incorporando propostas apresentadas na primeira fase das consultas.

A versão preliminar do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável da BR-163 (Cuiabá-Santarém) começou a ser discutida na semana passada, em Brasília, na segunda rodada de consultas públicas. O encontro reuniu representantes de movimentos sociais e do governo federal para debater o documento. Nesta versão, o plano incorpora propostas de diversos setores da sociedade, dos governos do Mato Grosso, do Pará e do Amazonas e de prefeituras municipais.

A representante do Consórcio Socioambiental da BR-163 Sustentável, Leide Aquino, considera o projeto inovador por contar com a mobilização de movimentos sociais da região e com o compromisso do governo federal em assumir as discussões no processo de elaboração do plano. Segundo ela, as primeiras discussões foram polêmicas, mas a segunda edição incluiu toda a demanda e questionamentos levantados nas consultas públicas e nos diferentes seminários realizados sobre o tema.

“Agora está numa forma bem elaborada e é uma oportunidade para os movimentos sociais da região”. Entretanto, de acordo com Leide Aquino, o consórcio vai propor mais detalhamento nas questões sobre desenvolvimento de tecnologia para implementação das atividades produtivas, fomento para produção familiar sustentável e o modelo de gestão para a região.

As consultas públicas continuarão entre os dias 5 e 18 de abril em Santarém, Itaituba, Altamira e São Félix do Xingu, Sorriso, Apuí, Guarantã do Norte e Novo Progresso.