Política

Obras em Lucas do Rio Verde somam quase R$ 10 milhões em investimentos

Atualmente, são cinco obras que estão iniciando ou em andamento, e somam quase R$ 10 milhões de investimentos, oriundos de parceiros e do município. Entre elas, há a ampliação da Escola Caminho Para o Futuro que terá 10 novas salas e atenderá 600 alunos. A obra teve investimento de R$ 1 milhão de recursos próprios, está em fase de conclusão e deve ser entregue ainda neste ano.

No Centro de Educação Infantil Balão Mágico, a ordem de serviço para a construção de um novo bloco será dada ainda neste mês de outubro. A nova estrutura contará com 557,51 m², sendo três salas de aulas, sala de professores, cozinha, refeitório e banheiros, e atenderá mais 150 novos alunos, e investimento de R$ 940,6 mil com recursos do município.

Outras duas obras que estão em andamento são o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), que contará com três ambientes, sendo um prédio de produção de alimentos para animais, com área aproximada de 40m², um prédio administrativo com área aproximada de 91m² e um prédio para o ambulatório, com área de aproximadamente de 48m². Além disso, o centro terá uma casa para caseiro, com aproximadamente 50m², em cada uma das áreas haverá sanitários individuais. A obra conta com investimentos de R$ 475,5 mil repassados pela Sema, por meio de acordo com o Ministério Público Estadual. A contrapartida do município foi a doação de um terreno de 10 mil metros quadrados e acompanhamento da obra.

O Cetas é uma parceria entre a prefeitura, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Ministério Público e a ONG Amibem que administrará o local.

O Mercado do Produtor localizado na Praça da Liberdade, no Jardim das Palmeiras, possui investimentos na ordem de R$ 1,1 milhão. Sendo R$ 897 mil do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e R$ 228 mil do município, para construção de 1.482 m² de área, com divisão dos ambientes: feira livre; sala de armazenamento; praça alimentação; área de carga e descarga; e sanitários.

A obra beneficiará diretamente os produtores da agricultura familiar luverdense, que distribuem seus produtos no comércio local. O mercado tem previsão de entrega até fevereiro de 2019.

Já a obra do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), que terá 2,4 mil m² de área construída e capacidade de atender até 1.200 alunos nos três turnos, deve iniciar em breve, e teve a contrapartida do município com a doação do terreno e a realização da terraplanagem.

DCIM100MEDIADJI_0085.JPG
Redação Só Notícias (fotos: assessoria)