Política

Novo coordenador Regional da Funasa diz que órgão terá recursos de R$ 7 milhões

O ex-vereador de Rondonópolis, Juca Lemos (PT), foi empossado ontem como o novo coordenador Regional da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), assumindo o lugar de Jossy Soares (PT), em meio a uma crise. Na solenidade de posse, Juca afirmou que o órgão contará com R$ 7 milhões para investimentos neste ano. O orçamento enxuto obrigará a direção a fazer uma eleição de prioridades para os próximos meses.

“Em dois anos e quatro meses, acredito que a Funasa teve uma administração bastante equilibrada do ponto de vista orçamentário. Consultamos todos os prefeitos, que apresentaram seus pleitos, mas os nossos recursos não serão suficientes para atender todas as cidades”, disse Juca, ao jornal A Gazeta.

Juca negou a crise na instituição e fez questão de ressaltar que a troca de comando já estava prevista desde o início de janeiro, antes da morte dos índios Xavantes, vítimas de desnutrição.

O ex-coordenador Jossy Soares, foi acusado de nepotismo. Esse ato seria o responsável pela crise na instituição, conforme acusação de deputados Federais de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Juca é o terceiro petista a desempenhar a função no governo Lula.