Política

Governo quita folha de pagamento dos servidores estaduais

O governo do Estado conseguiu concluir o pagamento de 100% dos servidores públicos nesta quarta-feira. Sem recursos suficientes para quitar a folha de pagamentos dos servidores públicos estaduais, o Poder Executivo pagou na terça-feira (10) 78% do total da folha de funcionários da ativa, além dos inativos. A folha deste mês do Estado somou R$ 461,54 milhões.

Na terça, data em que seriam pagos todos os servidores da ativa, o Tesouro Estadual verificou insuficiência financeira para pagar todos os trabalhadores. Por conta disso, o Governo optou por efetuar o pagamento aos servidores que compõem as áreas consideradas prioritárias das políticas públicas da gestão. A folha das três secretarias soma R$ 215,202 milhões, sendo que essas unidades orçamentárias possuem o maior contingente de pessoal do Executivo.

A direção do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap) informou que vai acionar o governo do Estado na Justiça por causa da data de pagamento dos salários que passou a ser no 10º dia de cada mês e não mais no último dia útil do mês trabalhado como era anteriormente.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu alerta ao governador Pedro Taques por extrapolar o limite prudencial com gastos de pessoal no segundo quadrimestre de 2017. Análise dos Relatórios Resumidos de Execução Orçamentária (RREO) e dos Relatórios de Gestão Fiscal (RGF), relativos ao período, demonstram que o Estado de Mato Grosso comprometeu 58,91% da receita corrente líquida com despesa de pessoal, extrapolando o limite prudencial de 57%, como dispõe a Lei de Responsabilidade Fiscal.