Política

Governo fará pregão para comprar helicóptero para a PM de Mato Grosso

O Governo do Estado realiza nesta segunda-feira o pregão para a aquisição do helicóptero da Polícia Militar, que vai substituir o Águia Uno, que caiu em abril deste ano. O processo é acompanhado pelo governador Blairo Maggi, que montou uma equipe para agilizar a licitação.

O edital publicado no Diário Oficial do dia 16 de junho é para a compra de uma aeronave de porte leve, monoturbina, novo de fabrica, que possa atender às necessidades mínimas da Polícia Militar.

De acordo com estudo realizado pela equipe coordenada pelo capitão Eumar Novacki, chefe de gabinete do governador, e piloto de helicóptero, pelo menos três aeronaves poderão concorrer à licitação, entre elas o modelo Esquilo, fabricado pela Helibras, o Bell 407, da fabricante americana Bell, e o modelo Koala, da inglesa Westland.

“Essas aeronaves atendem aos requisitos mínimos para a atividade policial, como versatilidade, capacidade de carga e passageiros, autonomia, potência e resistência”, informou o capitão. As empresas deverão disponibilizar, também, equipamentos como guincho, filtro de areia, gancho, além de todos os aviônicos e rádios necessários para o vôo, conforme especificado no edital de licitação.

O valor para a aquisição do helicóptero é em torno de US$ 2 milhões, sendo que 30% desse valor será pago em até 30 dias após a assinatura do contrato e, os outros 70%, 30 dias depois do recebimento. “O valor proposto na licitação já está abaixo do valor médio de mercado. Com certeza, durante a concorrência, esse valor deverá ser reduzido”, afirmou o capitão.

A empresa terá um prazo de oito meses, a partir do fechamento do contrato, para a entrega da aeronave, devidamente equipada. Constará ainda no contrato a garantia técnica de 24 meses ou 1.000 horas de vôo após a entrega definitiva, a execução de todas as revisões e inspeções previstas no programa de manutenção preventiva do fabricante, composta de mão-de-obra, reparo ou reposição de peças de célula e motores, componentes mecânicos, elétricos e eletrônicos, sem ônus para o Governo.

“No edital foi incluso o treinamento para pilotos independente de qual modelo vença a concorrência. Os tripulantes operacionais e mecânicos também serão treinados”, informou Novacki.

Após a assinatura do contrato, a equipe acompanhará, a pedido do governador, todo o processo de montagem da aeronave, bem como dos vôos testes. “O governador está empenhado em viabilizar esse novo helicóptero para atender não só a Capital, mas também o interior do estado”, ressaltou.

O novo equipamento atenderá as atividades da Polícia Militar, como patrulhamento aéreo, repressão ao crime, captura, suporte para o controle de rebeliões e, também, no serviço de resgate.

“Esse processo democrático e transparente garante para o Estado, produtos de qualidade a menores preços”, disse o governador. O pregão da modalidade “Menor Preço” será realizado às 9h, no auditório da Secretaria de Estado de Administração.