Política

Governo de Mato Grosso investe R$ 2,3 milhões para substituição de 26 pontes de madeira

A secretaria estadual de Infraestrutura e Logística firmou convênios para o fornecimento de aduelas de concreto para quatro municípios e o governo investirá R$ 2,9 milhões na substituição de 26 pontes de madeiras em estradas vicinais e rodovias não pavimentadas do Estado, por bueiros celulares.

Os convênios não preveem a transferência de recursos financeiros. O governo fornecerá as aduelas de concreto e as prefeituras serão responsáveis pela execução dos serviços, de acordo com o projeto apresentado.

Dois acordos foram firmados com a prefeitura de Itiquira (região Sul), R$ 2.1 milhões, sendo que  a secretaria será responsável por fornecer 260 metros de aduelas de concreto, mensuradas em R$ 857,1  mil. No total, dez pontes serão substituídas por bueiros celulares.

Em Nova Maringá (Nortão), 11 pontes serão substituídas em um convênio de R$ 2, 2 milhões, sendo que R$ 1,1 milhão fornecidos em aduelas pelo governo estadual, em um total de 240 metros de aduelas.

Com um investimento de R$ 46.5 mil, a secretaria irá fornecer 12 metros de aduelas para substituir duas pontes de madeira em Pedra Preta. O valor total do convênio é de R$ 319,6 mil. Por fim, três pontes de madeira serão substituídas por bueiros em São José dos Quatro Marcos (região Oeste). Serão fornecidos 60 metros de aduelas, com um valor de R$ 214,1 mil

O secretário Marcelo de Oliveira lembra que a substituição de pontes de madeira previne acidentes, diminui o custo de manutenção e, além de tudo, ajuda a preservar o meio ambiente. “Quando você elimina uma ponte de madeira, você preserva a floresta, porque não vai derrubar uma árvore para fazer a manutenção”, afirmou.

O governo do Estado também formalizou convênio com a prefeitura de Colíder para pavimentar 13 vias –  Hortênsias, Corbélias, Orquídeas, das Tulipas, das Margaridas, das Violetas, das Samambaias, dos Cravos, das Dalias, Copo de Leite, Gisep Nava, José de Alencar e Rua Projetada A, com extensão total de 19.7 mil m². De acordo com o termo assinado, a secretaria vai repassar R$ 2 milhões à prefeitura, que entrará com contrapartida financeira de R$ 177, 7 mil.

 

 

Redação Só Notícias (foto: Marcos Vergueiro/assessoria)