Política

Governador diz que modernizar registro mercantil tem papel essencial no desenvolvimento

O governador Mauro Mendes elogiou, hoje, durante reunião em seu gabinete, com presidentes das Juntas Comerciais, a busca das entidades pela eficiência e modernização dos serviços de abertura de empresas. Ele citou como bom exemplo o trabalho desenvolvido pela Junta Comercial de Mato Grosso, que já está com os processos 100% digitais. “Damos a devida importância para o trabalho desenvolvido pela Jucemat, que tem apresentado avanços que melhoram a competitividade de Mato Grosso. Tenho orgulho disso que estamos ajudando a construir, modernizar o registro mercantil tem papel essencial para o desenvolvimento do Brasil”, afirma.

“Devemos aprender sempre com os caminhos e soluções que outros já conheceram, e entregar sempre um melhor serviço para o cidadão”, acrescentou

A presidente da Jucemat, Gercimira Rezende, considera que a união das entidades não só presencialmente, mas por uma comunicação frequente, tem feito a diferença no andamento dos projetos em comum e cita a implantação do atendimento por “chat” no site da Jucemat, que após bons resultados do projeto pioneiro, teve outras juntas que aderiram à ferramenta. “Essa troca de experiências e procedimentos, sempre com segurança jurídica, é o objetivo em comum de todas as Juntas Comerciais”, analisa.

Os presidentes das juntas estaduais estão em Cuiabá para a assembleia geral da Fenaju (Federação Nacional das Juntas Comerciais). A presidente Silene Sabino expôs que a a recepção do governador mostra o exemplo de um governo que incentiva a melhoria do registro mercantil. “Trocamos muito conhecimento. Com cada Estado que fez um projeto que deu certo, ou que pode melhorar, nós buscamos esta troca de informação entre nós. Somo muito mais que um órgão de registro. Somos um órgão de fomento da economia de desenvolvimento de cada estado”, afirma.

A meta, conforme a presidente da Fenaju, é que a integração de dados chegue aos municípios com o objetivo central de desburocratizar os registros, por meio da Redesimples. A informação é da assessoria.

Só Notícias (foto: Tchelo Figueiredo/arquivo)