Política

Governador anuncia fim de parcelamento dos salários; pagamento será todo dia 10

O governador Mauro Mendes anunciou, há pouco, o fim do parcelamento dos salários dos servidores estaduais. A partir deste mês, será quitado em parcela única, todo dia 10. A folha de novembro vai ser quitada integralmente na próxima terça-feira e totaliza R$ 504,4 mil. “É o resultado do esforço que fizemos para o equilíbrio fiscal do estado de Mato Grosso, para recuperar as contas públicas. Com todos os enfrentamentos que foram necessários e as batalhas que lutamos juntos para recuperar o Estado. É uma conquista que foi feita com trabalho e seriedade”, afirmou o governador, durante reunião com o vice-governador, Otaviano Pivetta e secretários.

O parcelamento, iniciado em janeiro, foi uma das primeiras medidas do governo devido a crise financeira e foi até o mês passado. Mauro lembrou as inúmeras dificuldades com dívidas junto a fornecedores e prefeituras. Houve parcelamento do salário em três vezes no mês de janeiro e o atraso do 13º referente a 2018 dos servidores que deveria ter sido pago em dezembro do ano passado. “O trabalho de recuperação do Estado, ao longo desse ano, contou com a colaboração de todos vocês aqui e com uma centena de milhares de servidores públicos, que eu quero mandar o meu agradecimento. Saibam que o esforço que vocês fizeram na economia de cada centavo, do ato de apagar a luz, de carros que não foram usados e foram devolvidos, contratos que foram revistos, todo o esforço de economia ajudou a construir um cenário de equilíbrio que está em curso em Mato Grosso”, afirmou, lembrando também dos técnicos da Sefaz que se empenharam em melhorar a receita pública e a todos os servidores e secretários que se dedicaram para aplicar corretamente os recursos públicos.

O governador também aproveitou a oportunidade para reforçar o trabalho que está em curso para o pagamento do 13º salário. “Temos um planejamento em andamento, um plano de voo, e ainda muitas ações estão por acontecer. No momento certo iremos informar sobre o 13º”, explicou.

Este ano, ao contrário do que vinha correndo, quando os servidores efetivos recebiam o 13º salário no mês posterior ao do seu aniversário, o pagamento deverá ser feito em  dezembro. A mudança foi anunciada em janeiro por Mauro Mendes, como uma das medidas para diminuir os impactos da crise financeira instalada no Estado.

A informação é da secretaria de Comunicação.

Só Notícias (Tcheló Figueiredo/assessoria)