Política

Funcionário que recebeu propina nos Correios disse ter “proteção” do PTB

O presidente nacional do PTB, deputado Roberto Jefferson (RJ), fará nesta terça-feira um pronunciamento no Plenário da Câmara, em nome do partido, a respeito das denúncias de corrupção na direção dos Correios –cargo ocupado por indicação do partido.

A confirmação do pronunciamento de Jefferson foi feita pelo líder do PTB na Câmara, deputado José Múcio Monteiro (PE). “Depois das acusações, cabe a nós fazermos as apurações. Isso é uma democracia.”

José Múcio, segundo sua assessoria de imprensa, defende que todas as acusações contra o partido sejam apuradas “até as últimas conseqüências”. O líder petebista afirmou ainda, segundo sua assessoria, que o acusado na denúncia, o ex-chefe do Departamento de Contratação e Administração de Material dos Correios, Maurício Marinho, não é filiado ao partido.

O líder do PTB chega nesta tarde a Brasília. Ainda de acordo com sua assessoria, José Múcio afirma que Roberto Jefferson já pediu ao governo federal que proceda a todas as investigações necessárias e que o diretor de Administração dos Correios, Antonio Osório Batista, já deixou o cargo à disposição.

As acusações contra os indicados do PTB aos Correios e Telégrafos apareceram na última edição da revista “Veja”. O representante da legenda é acusado de participar de um esquema de corrupção nos Correios e outras empresas estatais, para favorecimento de empresas interessadas em participar das licitações do governo.