Política

Ex-prefeito de Sorriso deve ser candidato a deputado estadual. Helmute a federal

As lideranças políticas de Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Nova Mutum iniciaram, mesmo que de forma discreta, as articulações de candidaturas para deputado federal.
Alguns nomes começam a despontar no cenário político para as eleições de 2006. O deputado Ricarte de Freitas, presidente regional do PTB, concorrerá à reeleição. Busca apoio do prefeito reeleito de Sinop, Nilson Leitão (PSDB), bem como de outros prefeitos do nortão. Ricarte tem se mobilizado com deputados estaduais na região com quem deve fazer “dobradinha”. Ainda em Sinop, PPS, PMDB e PSB – que estiveram coligados ano passado -, ainda não iniciaram conversações sobre candidatura a deputado federal.

A região Norte tem um forte potencial eleitoral. No pleito passado, Ricarte de Freitas se reelegeu, tendo Sinop como sua principal base eleitoral. Rogério Silva foi eleito, principalmente, por Alta Floresta.. Com sua cassação, sob acusação de compra de votos, o nortão acabou ficando um representante na Câmara. Por muito pouco não elegeu três deputados. O produtor Helmute Lawisch, presidente do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde, foi considerado uma das revelações do último pleito. Fez mais de 55 mil votos e se tivesse conquistado mais 800 acabaria ficando com a vaga de Celcita Pinheiro (PFL).

“Eu tenho um grupo de amigos que nos ajudou na campanha passada e que também atuou nesta campanha de 2004. Minha prioridade é eliminar algumas questões que estão pendentes, de ordem pessoal. Não serei candidato com qualquer dependência que acho ser imoral. Quero solucionar algumas pendências jurídicas (processo sobre armazenagem de produtos agrícolas) para estar concentrado neste projeto e trabalhar de cabeça erguida e de forma tranquila”, diz Helmute, hoje filiado no PDT.

“O embate deve ser extremamente pesado. Estou trabalhando e aguardando o momento oportuno. Ainda é cedo para fazer previsões, mas tudo indica que a situação caminhará para disputarmos o próximo pleito”, completou, em entrevista para A Gazeta.

Além do Norte e Médio-norte, Helmute tem feito contatos com lideranças na região Sul do Estado, segundo afirma.

Ainda na região Norte, uma das definições para o pleito de deputado federal ocorreu em Sorriso. O ex-prefeito de Sorriso, José Domingos Fraga Filho (PMDB), que administrou o município por três mandatos, chegou a ensaiar uma candidatura a federal, mas acabou recuando. A falta de estrutura é o principal motivo.

“Chegamos a conclusão de que não temos condições para bancar uma campanha para deputado federal que, como todos sabem, acaba sendo uma campanha cara. Nosso grupo não tem estrutura e decidimos recuar da pretensão em disputar uma vaga na Câmara”, justifica o ex-prefeito peemedebista, que chegou a ser “assediado” para se filiar no PP. “É lamentável porque vinha recebendo muito incentivo de colegas prefeitos e ex-prefeitos e apoio informal deles colocando que a região precisava reforçar sua representatividade no Congresso Nacional. Analisando regionalmente, nosso grupo também optou que a melhor decisão seria candidatura a deputado estadual”.