domingo, 19/maio/2024
PUBLICIDADE

Cuiabá: vereador acionará a justiça contra prefeitura

PUBLICIDADE

O vereador Lúdio Cabral solicitou à Secretaria Municipal de Saúde todos os documentos referentes ao processo licitatório de contratação do Instituto de Gestão e Solução para Resultados (IGSR), que passará a gerenciar o Pronto Socorro da capital. De posse destes papeis, o parlamentar pretende ingressar na Justiça.

Cabral destaca que a contratação de uma empresa que visa lucro para gerenciar o Pronto Socorro de Cuiabá fere a legislação do Sistema Único de Saúde (SUS). "Estamos com vários problemas nas policlínicas e a prefeitura, ao invés de resolvê-los, se dá ao luxo de contratar uma empresa por mais de R$ 2 milhões por ano para fazer aquilo que os próprios servidores poderiam executar".

O vereador defende mudanças para a melhoria do atendimento, mas entende que um bom trabalho por parte de servidores que já estão lotados na SMS poderia reverter o atual quadro da saúde da capital.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Ex-deputado Carlos Bezerra é internado em UTI

O ex-deputado federal e ex-governador Carlos Bezerra (MDB) está...

PL veta apoio de deputados para pré-candidatos a prefeito de outras siglas

O presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto,...

STJ nega novo pedido do MP e mantém ação contra Emanuel na Justiça Federal

Foi negado pela Quinta Turma do Superior Tribunal de...

Recapeamento de rodovia estadual no Nortão deve começar semana que vem

A MT-225, no trecho entre o município de Vera...
PUBLICIDADE