Política

Crise começa a afetar imagem de Lula, diz pesquisa Datafolha

Pouco mais de um mês e meio depois de o deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) denunciar à Folha de S.Paulo a existência do “mensalão”, a imagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva começa a dar sinais de desgaste.

Pesquisa Datafolha realizada na última quinta-feira mostra que caiu de 73% para 62% o total de brasileiros que acha o presidente honesto. E para 78% da população, há corrupção no governo, contra 70% na pesquisa de junho.

A avaliação do governo Lula, entretanto, teve uma leve deterioração. O percentual de brasileiros que considera o governo ruim ou péssimo subiu de 19% para 23%, a maior desde o início do governo. Já o total que avalia a gestão como ótima ou boa oscilou de 36% para 35%. Para 40%, o governo é regular.

O presidente também conseguiu manter a liderança na pesquisa de intenção de voto para a eleição de 2006. Entre os três mais prováveis candidatos tucanos, o prefeito de São Paulo, José Serra, seria o maior adversário, perdendo por 34% a 25%.

Já o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, seria batido por 36% a 16%. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso perderia por 35% a 15% se o primeiro turno da eleição fosse hoje.

No segundo turno, Lula também venceria com tranqüilidade Alckmin (49% a 33%) e FHC (52% a 29%), mas teria apenas uma pequena vantagem de 4 pontos percentuais sobre Serra (45% a 41%).

Na pesquisa Datafolha, realizada no dia 21 de julho, foram entrevistadas 2.110 pessoas em 134 municípios de todas as unidades da Federação. A margem de erro máxima desse processo de amostragem é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa completa será publicada na edição deste domingo (24) da Folha de S.Paulo.